22 de Dezembro de 2019 - 4º Domingo do Advento

Quem nos pode salvar ?

Estamos habituados a que tudo se compra e tudo se vende, e pensamos que tudo o que acontece resulta simplesmente da nossa decisão. Mas com o nascimento de Jesus não foi assim. A vinda de Jesus ao mundo não foi uma decisão humana. Foi Deus que assim o quis, numa decisão absolutamente livre e movida apenas pela sua misericórdia. E a prova disso é a concepção virginal de Jesus no seio de sua Mãe, Santa Maria.

O Evangelho de S. Mateus declara que Jesus foi concebido "por virtude do Espírito Santo" no seio de Maria. E quando S. José, esposo de Maria, tomou a decisão de se afastar, para não interferir com o mistério divino, que já tinha começado a pressentir, foi então que ouviu nitidamente a voz do mensageiro de Deus, no seu coração: "José, Filho de David, não temas receber Maria, tua esposa, pois o que nela se gerou é fruto do Espírito Santo".


José Campeche y Jordán, Nascimento de Jesus, c. 1799

S. José foi um servo fiel: fez "como o Anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu sua esposa". Mais tarde revelou grande valentia e fortaleza, mas a sua primeira virtude foi a fé, e com ela a obediência a Deus.

Quem nos pode salvar? Só Jesus, que nos traz o amor do Pai, nos pode salvar! Daí o nome que recebe: "Jesus", que significa: "O Senhor salva"! Por isso, gostaríamos muito que todos os homens conhecessem Jesus, vivessem com Jesus, e experimentassem a sua salvação!

O Natal será dentro de poucos dias, e é preciso vivê-lo com a esperança de acolhermos a vida nova que Jesus nos veio dar. Vamos celebrar o Natal como quem respira o ar puro de uma nova manhã. É importante que, quem ainda não o tiver feito, olhe para a sua vida, veja o que nela está mal, o que nela não é digno de acolher Jesus, e não deixe de se confessar, para receber o perdão de Deus. É tão bom poder começar de novo!

O seu nome será "Emanuel, Deus connosco". S. Mateus vê cumprida esta antiga profecias de Isaías naquele Menino que então estava para nascer, o próprio Jesus. É Ele o verdadeiro Emanuel, "Deus connosco", e o Evangelho de S. Mateus terminará com esta solene promessa de Jesus, que, depois da sua morte e ressurreição, pode dizer com toda a verdade: "Eu estou convosco todos os dias, até ao fim dos tempos" (Mateus 28,20).

A Igreja é o espaço desta presença incessante de Jesus, "Deus connosco", e por isso a Igreja é o instrumento do encontro de todos e de cada um com Cristo. Mas também num plano mais pessoal ou individual, é tão diferente viver com Jesus ou sem Ele!

A Jesus, Filho de Deus feito homem, Emanuel, Deus connosco, gostaria de pedir hoje que, neste próximo Natal, esteja com todos os doentes e com todos os que sofrem, para que ofereçam os seus sofrimentos pela salvação do mundo. Peço pelas famílias em dificuldade, para que se unam ainda mais. E peço também, de modo especial pelas crianças e pelos jovens, para que o seu coração não se torne egoísta, e o horizonte dos seus sonhos não se torne pequeno nem mesquinho, mas tenha a grandeza do amor do Coração de Cristo.Peço ainda pelos casais, para que a sua vida seja um sinal do amor do próprio Jesus pela Igreja. Peço pelas pessoas solteiras e pelas viúvas, para que sejam generosas. Peço pelos namorados, para que cresçam interiormente. Peço pelos que dedicaram a Deus a sua vida, para que sejam muito alegres, e pelos sacerdotes, para que sejam um instrumento eficaz para a santificação e salvação de todos, e também por aqueles que Deus chama a serem sacerdotes, para que aceitem entregar a sua vida ao serviço de todos. E peço pelos que não O conhecem: como seria bom que, neste Natal, os seus olhos se iluminassem com a luz da fé!

Que a Mãe de Jesus, Santa Maria, Nossa Senhora, nos sorria e nos atraia ao presépio, para oferecermos ao Filho de Deus, o nosso coração e a nossa vida inteira, e espalharmos à nossa volta, neste Natal, a alegria e a esperança de sermos salvos dos nossos pecados e podermos assim começar de novo.

Com a amizade em Cristo do Prior de Santa Maria de Belém
Cón. José Manuel dos Santos Ferreira

Blog  Ad te levavi
Arquivo